quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA SÓ...



Deus criou homem e mulher para se relacionarem com Ele e uns com os outros. Este é o propósito fundamental da criação. Os relacionamentos devem ser baseados em confiança mútua. Satanás sabe disso . Ele entende que a razão da vida humana na terra é esta. Não pode haver sentido na vida de alguém se não houver relacionamento. Fomos criados dependentes uns dos outros . É impossível viver uma vida saudável isolada de outras pessoas. Necessitamos dar e receber afeto e atenção.
O ser humano quando nasce é totalmente vulnerável, e seria impossível sobreviver sem os cuidados de outra pessoa. Mesmo depois de alcançarmos autonomia , continuamos dependentes uns dos outros.
Você já ouviu falar da Síndrome de Estocolmo? Segundo a Psicologia , essa síndrome acomete vítimas de sequestros. A vítima passa a desenvolver uma certa identificação com o seu algoz , podendo até apaixonar-se por ele. Submetendo-se a um relacionamento que, em circunstâncias normais, seria impossível conceber. Segundo essa ciência, trata-se de um mecanismo de defesa da vítima. Essa situação extrema evidencia a necessidade humana de trocar afeto, de confiar , de se relacionar.
Há algum tempo venho refletindo sobre os relacionamentos humanos. O propósito de Deus era que fosse “muito bom” . No entanto, o que temos visto é que relacionamento é considerado, por quase todos,algo muito complicado. Observe as pessoas conversando em uma praça, em um ônibus, você perceberá que a maioria das conversas giram em torno de conflitos nos relacionamentos. Ocupamos a maior parte do nosso tempo discutindo os relacionamentos, mesmo sem nos dar conta disso. Dificilmente ouviremos alguém falando sobre como sua vida está boa, como os seus filhos são maravilhosos, como o seu marido é carinhoso ou sua esposa é compreensiva, como o seu chefe é uma pessoa generosa, como seus colegas são amigáveis e inteligentes. Faça uma estatística. Você não se surpreenderá.Em mais de 90% das conversas que você ouve no ônibus ou no metrô serão sobre sofrimento e incompreensão. Porque que será que o o propósito inicial de Deus não está se cumprindo na humanidade?
Se queremos entender as razões desse fato , devemos voltar às origens. Quando Deus criou o homem Ele tinha alguns propósitos bem claros em sua mente. Podemos encontrá-los no livro de Gênesis.
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. (Gen 1:26-27)
O primeiro propósito se encontra, aqui, nessa passagem. Deus criou homem e mulher para juntos dominarem sobre toda a criação Dele. Para usufruírem das bençãos de Deus. Das maravilhas que Ele criou. Originalmente, Deus formou homem e mulher em igualdade de condições. Ambos deveriam usufruir igualmente das bençãos e dominarem em parceria sobre toda a terra. Para que isso funcionasse bem, era necessário que ambos andassem juntos, em uma só visão, sem discordância.
O segundo propósito também encontra-se neste capítulo:
E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.(Gen. 1:28)
Deus reafirma o primeiro propósito e acrescenta outros: frutificai e multiplicai-vos. Implícito nesse propósito se encontra um requisito:PRECISAM CONTINUAR JUNTOS. Para multiplicar é necessário relacionamento.
A OBRA CONFIADA A ELES EXIGIA QUE PERMANECESSEM EM UNIDADE.


Pra. Cláudia Helena de Oliveira, líder de Filhas de Sara 

As mais lidas da semana